• Portal Tijuca-RJ

Policiais suspeitos de envolvimento na morte de mototaxista na Tijuca prestam depoimento nesta terça

Segundo testemunhas, Matheus Oliveira, de 23 anos, foi baleado na cabeça quando passava perto do Morro do Borel no dia 30 de maio. Policiais chegaram a registrar o caso como acidente de trânsito.



Quatro policiais militares suspeitos de envolvimento na morte do mototaxista Matheus Oliveira, de 23 anos, morto com um tiro na cabeça próximo ao Morro do Borel, na Tijuca, Zona Norte do Rio, prestam depoimento nesta terça-feira (9) na Delegacia de Homicídios da Capital.



O diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa, delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, também vai se reunir com o pai de Matheus, Luiz Henrique Oliveira.



Nesta segunda-feira (8), parentes e amigos fizeram um protesto na porta da Delegacia de Homicídios da Capital, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, pedindo justiça e a elucidação do caso.



Segundo testemunhas, Matheus foi baleado pelos militares quando passava de moto pela Rua Embaixador Ramon Carcano, na Tijuca. No capacete é possível ver a marca do tiro que teria partido de policiais militares da UPP do Borel.



Na delegacia, os policiais da UPP deram outra versão. Um dos agentes disse que fazia uma blitz, que o veículo derrapou e que piloto e o garupa caíram no chão. Informou ainda que o piloto, embora usasse capacete, na queda machucou a cabeça. O caso teria sido registrado como acidente de trânsito.



No enterro de Matheus Oliveira, parentes e amigos fizeram uma homenagem em forma de aplausos e buzinaços. O mototaxista havia acabado de se tornar pai e trabalhava como barbeiro, mototaxista e motorista de aplicativo.



Fonte: G1.com

3 visualizações

Assine a minha newsletter

© 2020  Portal Tijuca-RJ - O seu bairro da internet

E-mail: contato@tijuca-rj.com.br

  • Facebook
  • Instagram