• Portal Tijuca-RJ

MAM Rio oferece oficinas com integrantes da Mangueira durante o mês de janeiro


O Museu de Arte Moderna do Rio (MAM Rio) oferece em todas as sextas-feiras do mês de janeiro, oficinas com os principais integrantes da Mangueira. A programação do MAM de Verão e marca a reabertura do Bloco Escola do MAM Rio. O projeto começa este mês, mas ainda permanecerá em fevereiro, quando marcará as atividades de não Carnaval no MAM de Verão.



O evento conta com a participação de mestres e artistas dos diferentes saberes que constituem a Estação Primeira de Mangueira. Na ocasião, serão apresentadas oficinas nas quais os artistas irão dialogar com elementos em torno do samba enquanto matriz de um processo histórico e cultural e da dança como experiência ancestral, sempre das 14 h às 16 h.



A programação inclui uma série de oficinas, seminários e performances desenvolvidas pelo curador convidado e carnavalesco da Mangueira Leandro Vieira, com expoentes da escola de samba. Em paralelo, acontece a exposição Hélio Oiticica: a dança na minha experiência, em cartaz no MAM Rio até 7 de março.



No dia 15/01 haverá oficina de percussão com Mestre Wesley. A aula será coletiva e serão abordados os fundamentos rítmicos dos instrumentos – suas origens e aplicações rítmicas – conduzirão uma viagem musical ao “coração” dos grêmios: a Bateria.



Já no dia 22/01, é a vez da oficina com o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Matheus Olivério e Squel Jorgea. Descendentes de uma linhagem ancestral de sambistas. A neta e o filho do lendário diretor de harmonia, compositor e intérprete Xangô da Mangueira, conduzem oficialmente o pavilhão da escola na avenida de desfiles. Representantes de uma dinastia de casais que guardam as tradições do bailado da dança do casal de mestre-sala e porta-bandeira, a dupla ministrará a oficina que, além de introduzir aspectos históricos e sociais da dança, dividirão saberes técnicos associados à prática do bailado.



A última oficina de janeiro, no dia 29/01, será conduzida por Evelyn Bastos. Nascida e criada no morro da Mangueira, a rainha de bateria da verde e rosa ministrará aulas de samba no pé, tendo como ponto de partida sua experiência pessoal acumulada através de anos dedicados à prática.

A organização do evento explica que todas as ações estão organizadas segundo os protocolos de segurança e saúde recomendados pelas autoridades sanitárias. Serão apenas oito participantes por oficina (acompanhados por um responsável cada. Não haverá compartilhamento de material entre os participantes e será mantido distanciamento social. Mais informações podem ser obtidas no site do MAM Rio. MAM Rio.



Fonte: DiariodoRio.com

1 visualização0 comentário